Agência Mestre http://www.compare-uk-broadband.com Marketing Digital: SEO, Links Patrocinados, Facebook Ads e outros Tue, 25 Aug 2020 21:06:26 +0000 pt-BR hourly 1 https://wordpress.org/?v=5.4.1 Como Mensurar e Analisar o Engajamento no Facebook http://www.compare-uk-broadband.com/redes-sociais/engajamento-no-facebook/ http://www.compare-uk-broadband.com/redes-sociais/engajamento-no-facebook/#respond Tue, 25 Aug 2020 20:30:05 +0000 http://www.compare-uk-broadband.com/?p=24812 Quer descobrir se as publica??es da sua fanpage est?o trazendo bons resultados? Aprenda como analisar as métricas de engajamento no facebook!

O post Como Mensurar e Analisar o Engajamento no Facebook apareceu primeiro em Agência Mestre.

]]>
Você sabe medir o qu?o engajado é o seu público nas redes sociais? Saber analisar o engajamento do Facebook te ajudará a descobrir se suas publica??es est?o tendo um bom resultado. Para saber como mensurar esses dados, é só dar play no vídeo!

Como avaliar o engajamento no Facebook?

Existem algumas métricas que só conseguimos analisar quando somos administradores de uma fanpage. Por isso, é muito difícil olhar para uma página do Facebook e dizer se ela possui ou n?o um público engajado.

Como sabemos, o próprio Facebook vem diminuindo drasticamente a taxa de entrega organica dos posts de uma fanpage. Ou seja, cada vez menos pessoas que curtiram a página chegam de fato a ler o que é publicado.

Podemos encontrar uma fanpage que possua, por exemplo, 1 milh?o de curtidores e ver que uma publica??o tem apenas 100 curtidas ou rea??es. Mas, antes de dizer se o engajamento foi bom ou n?o, precisamos analisar o horário em que a publica??o foi feita e há quantos minutos aquele conteúdo está disponível na página.?

De repente, as pessoas ainda n?o tiveram tempo suficiente de engajar com a publica??o ou o horário escolhido para divulga??o n?o foi o ideal.

Pilares para mensurar o engajamento no Facebook

Hoje em dia sabemos que o número de curtidas da página é algo que pode ser comprado. Com exce??o de algumas marcas e pessoas públicas, a maioria das páginas precisam fazer um investimento para conseguir um bom número de curtidas. Por isso, o que devemos levar em considera??o, primeiramente, s?o as pessoas que já curtiram nossa página.

Dentro da aba “Informa??es” da fanpage, é possível acessar o módulo “Pessoas” para identificar o perfil do público que te acompanha. Verifique se seus f?s est?o de acordo com a persona que consumirá seus conteúdos. Pois, de nada adianta ter uma fanpage que fale sobre “Dicas para noivas”, onde a maior parte das curtidas seja do público masculino, por exemplo. Nesse caso, seu engajamento seria muito baixo mesmo.

Perfil Pessoas Curtiram Fanpage

Outra forma de mensurar o engajamento no Facebook é por meio dos módulos “Alcance” e “Publica??es” da aba “Informa??es” de sua fanpage. Em “Alcance” você confere o número de pessoas às quais suas publica??es foram exibidas e também visualiza um gráfico com as rea??es, comentários e compartilhamentos que ocorreram no período.

Alcance da Fanpage

Você também pode analisar o resultado que suas publica??es tiveram através do módulo “Informa??es > Publica??es”. Nesta tela é possível verificar o alcance e o envolvimento que cada publica??o teve, identificando assim, qual modelo de publica??o gera um melhor engajamento.

Engajamento das Publica??es de Uma Fanpage

Curtidas, Comentários e Compartilhamentos

Se pudéssemos colocar um peso nos fatores de engajamento, poderíamos dizer que a curtida (like ou outras rea??es) em uma publica??o tem peso 1, o comentário tem peso 2 e o compartilhamento tem peso 5. Isso porque quando alguém compartilha uma publica??o, a mesma aparece em sua timeline, aumentando o alcance daquele conteúdo.

Acompanhamento e Análise

Baseado nos fatores que citamos anteriormente, você pode come?ar a analisar quais tipos de conteúdo gera maior engajamento com a sua audiência. Por isso, é importante realizar publica??es variadas em sua página, uma hora compartilhando posts que contenham imagens, outra hora vídeos, em outra oportunidade somente texto.

Mensure também os resultados obtidos quando um link é divulgado. A partir daí, você conseguirá entender melhor o que seus f?s esperam ver em sua fanpage.

Por fim, caso você tenha um site, n?o deixe de acompanhar o número de visitas que você recebe oriundas do Facebook. Afinal de contas, direcionar o público de sua fanpage para seu site pode ser um excelente negócio. Para fazer essa análise, basta acessar a conta do seu Google Analytics e ir no item “Origem/mídia” no menu “Aquisi??o” e fazer o filtro pelo termo “facebook”.

Análise de Tráfego do Facebook no Google Analytics

Métricas de vaidade

Mas, aten??o! Ao analisar o engajamento do Facebook, n?o foque nas métricas da vaidade, como é o caso da quantidade de seguidores em uma página e de curtidas em uma foto. Elas podem ajudar sim para entender a aceita??o do público em rela??o às suas postagens, mas é importante n?o se apegar muito a esses dados.

Em vez disso, opte por também analisar números e dados que ajudam a tra?ar novas estratégias e facilitam as tomadas de decis?o. Em uma postagem com link para um e-commerce, por exemplo, é possível mensurar a taxa de convers?o.

Como Aumentar o Engajamento no Facebook?

Além de conhecer seu público-alvo e criar publica??o de acordo com o gosto dos seus seguidores no Facebook, ainda há outras dicas que te ajudar?o a aumentar o engajamento da sua fanpage.

Trabalhar com imagens elaboradas e títulos intrigantes é um dos principais segredos para engajar seu público. Afinal, a foto e o texto que a acompanha s?o os grandes responsáveis por fisgar a aten??o do usuário.

Além disso, usar emoticons também contribui para aumentar a intera??o da sua base de f?s. Um recurso simples, mas que de acordo com o Buddy Media, posts com emoticons conseguem 52% mais engajamento.

Fazer perguntas em suas publica??es e incentivar a intera??o dos leitores convidando-os a executar uma a??o s?o outras alternativas para gerar mais engajamento no Facebook. Um exemplo s?o os famosos quizzes que os internautas respondem com uma rea??o na postagem.

Quer Mais Dicas em Vídeo?

Todos os dias tem vídeo novo no canal do Fábio Ricotta no YouTube. Inscreva-se gratuitamente para receber o conteúdo em primeira m?o. Temos certeza que você aprenderá muitas coisas sobre marketing digital e empreendedorismo! Sucesso!

O post Como Mensurar e Analisar o Engajamento no Facebook apareceu primeiro em Agência Mestre.

]]>
http://www.compare-uk-broadband.com/redes-sociais/engajamento-no-facebook/feed/ 0
Como Fazer Uma Boa Copy de Anúncios Nas Redes Sociais http://www.compare-uk-broadband.com/redes-sociais/como-fazer-uma-boa-copy-de-anuncios/ http://www.compare-uk-broadband.com/redes-sociais/como-fazer-uma-boa-copy-de-anuncios/#respond Fri, 21 Aug 2020 11:00:49 +0000 http://www.compare-uk-broadband.com/?p=45858 Veja como utilizar a copy dos seus anúncios de maneira estratégica para potencializar a a??o do seu público-alvo!

O post Como Fazer Uma Boa Copy de Anúncios Nas Redes Sociais apareceu primeiro em Agência Mestre.

]]>
As técnicas de copywriter existem para fazer com que os leitores convertam em alguma a??o — pode ser uma compra, inscri??o, baixar um material, entre outras. Por isso, elas s?o essenciais em uma estratégia de marketing. Neste artigo, vamos falar sobre a copy de anúncios para redes sociais.

Há diversos outros canais que podem receber essa técnica, como vídeos e landing pages. Porém, hoje iremos focar neste meio de comunica??o que vem crescendo cada vez mais, nas mais variadas plataformas — Instagram, Facebook, Twitter, Linkedin, etc.

>Como Fazer Uma Boa Copy de Anúncios Nas Redes Sociais

O que é uma copy de anúncios?

De modo geral, a copy serve para persuadir o público, mostrando um benefício e utilizando algumas técnicas para que possa ocorrer uma convers?o. O foco é sempre a solu??o de como aquilo que está sendo anunciado irá causar na pessoa, mostrando o que ela pode perder se n?o completar a a??o.

é preciso que a copy seja objetiva, mas consiga despertar interesse e necessidade.

O básico do conceito de copy

Para criar uma copy, há uma fórmula básica que devemos seguir, sendo:

  • promessa + headline + big idea.

Na promessa, trazemos como e o que o produto/servi?o faz, em quanto tempo e o que ele vai transformar.

A headline é a parte de destaque, feita para chamar a aten??o, gerar curiosidade e ser uma frase de impacto.

Já a big idea é um dos pontos mais importantes da copy. Ela será determinada e utilizada em toda a estratégia. Precisa ser importante, envolvente, emocional e focada no benefício. O intuito é que ela seja a responsável por gerar a a??o esperada.

Dentro desses pontos, é possível trabalhar com histórias, identifica??o, gatilhos (de autoridade, escassez, urgência, curiosidade, exclusividade, entre outros) e até mesmo depoimentos como prova social.

O objetivo é fazer com que aquela pessoa entenda que precisa da solu??o que está sendo anunciada.

Veja como fazer uma copy de anúncios nas redes sociais

Sabendo os conceitos básicos da técnica de copywriter, fica mais fácil entender e colocar em prática as dicas para criar sua copy de anúncios.

Para as redes sociais, é importante levar em conta que pode existir uma copy do banner/da foto e a da legenda. Ambas devem ser complementares.

Copy de anúncios para banner

A copy do banner para as redes sociais deve ser curta, com menos de 20% de texto. Precisa ser informativa, dando foco na mensagem principal que quer passar, mostrando o benefício e tocando na dor da persona.

A ideia é que tenha um CTA (call to action) e que fa?a com que o público fique instigado para ler a legenda do post.

Por exemplo, caso seja um lan?amento de um novo curso que promete transformar a pessoa em um expert sobre móveis de decora??o em 30 dias, é importante informar exatamente isso. O produto (o curso), o benefício (transformá-lo em especialista de móveis para decora??o) e a dor da persona (ter conhecimento eficiente em poucos dias).

Lembre-se sempre de que a copy aqui deve focar na pessoa que está lendo, e n?o no expert. Além disso, falar de igual para igual é imprescindível. Seja direto, mas interessante!

Copy de anúncios para legenda nas redes sociais

Já a copy de anúncios voltada para as legendas dos mesmos deve explicar a copy do banner.
Como há espa?o maior para o texto, é preciso inserir novas informa??es, dizer o que é aquele produto/servi?o e o que vai ensinar, quem está por trás dele (o especialista), para quem é destinado (persona), quais s?o os benefícios e inserir um certo senso de urgência.

Utilizando o mesmo exemplo anterior, essa copy vai ter espa?o para explicar melhor sobre o curso, quais pontos ser?o abordados, como ser?o as aulas, o que ele ensinará, quem é a pessoa que vai ministrá-lo, para que tipo de público é ideal (arquitetos, por exemplo), quais s?o os benefícios, o que ele promete e informa??es sobre dia e hora do lan?amento.

Caso seja limitado para X pessoas, por exemplo, é importante aparecer isso na legenda. Ou, ent?o, que há um b?nus ou condi??es especiais para os X primeiros que se inscreverem.

Também é necessário tocar na dor da persona, mostrar a necessidade daquilo e ter um CTA final — como “inscreva-se”.

Dicas para criar suas copies!

Veja agora algumas dicas gerais de como você pode construir suas copies de anúncios:

  • use chamadas que gerem curiosidade, como “você sabe quanto tempo é necessário para se tornar um empresário de sucesso?”;
  • conte histórias para criar um ambiente mais palpável, gerar identifica??o e prender o público;
  • use hashtags. Nas redes sociais, elas s?o bem-vindas e podem ajudar até mesmo a lan?ar uma # própria, estreitando os la?os com os seguidores;
  • revise sua copy e leia em voz alta para outras pessoas. Caso achem que está chata ou que contém informa??es desnecessárias, corte, modifique e n?o tenha medo de testar novas op??es!;
  • seja claro e objetivo.

Gostou deste artigo sobre copy de anúncios para redes sociais? Saiba que esse recurso é muito importante para a divulga??o de lan?amentos e infoprodutos!?

Por aqui, o copywriter é uma das técnicas utilizadas por nossos times para criar materiais incríveis. Saiba mais sobre os servi?os oferecidos pela Agência Mestre e conte conosco!

O post Como Fazer Uma Boa Copy de Anúncios Nas Redes Sociais apareceu primeiro em Agência Mestre.

]]>
http://www.compare-uk-broadband.com/redes-sociais/como-fazer-uma-boa-copy-de-anuncios/feed/ 0
Estratégias de Conteúdo Interativo para Aumentar o Engajamento http://www.compare-uk-broadband.com/marketing-de-conteudo/estrategias-de-conteudo-interativo/ http://www.compare-uk-broadband.com/marketing-de-conteudo/estrategias-de-conteudo-interativo/#respond Thu, 20 Aug 2020 11:00:18 +0000 http://www.compare-uk-broadband.com/?p=45853 Entenda como funciona a cria??o de conteúdo interativo e saiba como utilizar essa estratégia a favor da sua empresa!

O post Estratégias de Conteúdo Interativo para Aumentar o Engajamento apareceu primeiro em Agência Mestre.

]]>
O conteúdo interativo é uma grande tendência de marketing para os próximos anos, já que cada vez mais os clientes desejam ser participantes nas a??es da empresa e n?o ser apenas consumidores de informa??o.

Além de ir ao encontro com as novas formas de consumir, esse tipo de conteúdo contribui para atrair e reter a aten??o dos clientes, possibilita o aumento do engajamento e favorece a cria??o de conex?es com seu público.

Estratégias de Conteúdo Interativo para Aumentar o Engajamento

Quer entender mais sobre o assunto e descobrir as melhores estratégias para oferecer uma nova experiência ao usuário? Acompanhe o artigo!

O que é conteúdo interativo?

O conteúdo interativo é um material dinamico que induz a participa??o da sua audiência. Ou seja, permite que o usuário clique, responda, reproduza ou tome uma decis?o, participando diretamente da jornada de compra.

Desta forma, a experiência do usuário fica muito mais interessante e gera, no cliente, a sensa??o de valoriza??o e reconhecimento. Em contrapartida, além de se destacar perante a concorrência e aumentar o engajamento, a sua empresa poderá captar dados valiosos que contribuem para otimizar sua estratégias de marketing.

Estratégias de conteúdo interativo

Mas, antes de seguir as dicas e criar conteúdos interativos, tenha em mente que, para que uma estratégia funcione, é crucial conhecer seu público-alvo e definir as personas do projeto. Afinal, todo conteúdo deve atingir as dores, necessidades e motiva??es do cliente ideal.

Dito isso, vamos partir para os principais formatos para aplicar essa estratégia em sua empresa:

Posts de múltipla escolha em redes sociais

Uma das maneiras mais simples de criar esse tipo de conteúdo é por meio de posts de múltipla escolha nas redes sociais.

No Stories do Instagram, por exemplo, você pode usar as funcionalidades do aplicativo para fazer perguntas aos seus seguidores. Questionar qual assunto informativo seu público tem mais interesse em saber, dar diferentes op??es de promo??es para vota??o ou fazer um mini quiz sobre seu produto s?o algumas das possibilidades.

Transmiss?o ao vivo

Outra forma simples e muito difundida de fazer conteúdo interativo é por meio das transmiss?es ao vivo. Além das lives permitirem a intera??o em tempo real e serem fáceis de produzir, essa estratégia contribui para aumentar o alcance da sua marca.

Vídeos interativos

O vídeo interativo permite que o espectador participe da história e tome suas próprias decis?es por meio de escolhas de a??es ou cliques em páginas de destinos. Inclusive, no próprio YouTube já é possível incluir cart?es de intera??es.

Um bom exemplo dessa prática é o filme ‘Black Mirror: Bandersnatch’, da Netflix, precursora nesse tipo de conteúdo. Para quem n?o assistiu, o longa permite que o espectador escolha as a??es do protagonista principal.

Infográficos e e-books interativos

Os materiais ricos, conhecidos como infográficos, e-books e mapas, unem imagens, dados e informa??es em um único conteúdo. Por isso, já s?o altamente engajantes. Entretanto, ainda é possível torná-los interativos para envolver mais seu público.

Neste caso, você pode usar efeitos de zoom em imagem, revelar dados conforme a movimenta??o do cursor do mouse ou de acordo com a intera??o do usuário, além de implementar outros materiais de engajamento como quizzes e questionários.

Testes e quizzes

Nesse formato, o usuário receberá um resultado para o que estava procurando por meio de perguntas e respostas que o conduziram até o final do teste. Esse resultado será obtido de acordo com as intera??es do usuário.

Testes e quizzes s?o bastante populares e tem grande potencial de engajamento. Vide, por exemplo, os famosos testes do Buzzfeed. Entretanto, o mais interessante é que, além de gerar impulsionamento, o material também permite a capta??o de informa??es valiosas sobre o cliente que poder?o te ajudar a aprimorar suas estratégias de marketing.

E aí, gostou de saber mais sobre conteúdo interativo? No blog da Mestre, você encontra muito mais artigos que te ajudar?o a aprofundar seus conhecimentos em marketing. Confira!

O post Estratégias de Conteúdo Interativo para Aumentar o Engajamento apareceu primeiro em Agência Mestre.

]]>
http://www.compare-uk-broadband.com/marketing-de-conteudo/estrategias-de-conteudo-interativo/feed/ 0
Sitemap: XML, HTML, Utilidades e Mitos http://www.compare-uk-broadband.com/seo/sitemap-xml-html-utilidades-mitos/ http://www.compare-uk-broadband.com/seo/sitemap-xml-html-utilidades-mitos/#comments Wed, 19 Aug 2020 15:40:12 +0000 http://www.compare-uk-broadband.com/?p=15764 O que é Sitemap e qual a diferen?a das suas vertentes XML e HTML? Confira no artigo tudo o que você precisa saber sobre o tema!

O post Sitemap: XML, HTML, Utilidades e Mitos apareceu primeiro em Agência Mestre.

]]>
Afinal, o que é Sitemap? Por que inserir um arquivo “sitemap.xml” ou “sitemap.html” em um site? Ele interfere na indexa??o ou até mesmo no ranking de buscadores? Essas s?o algumas perguntas que muitas pessoas fazem ao tentar entender qual a real importancia desse sistema para sites.

Você também tem dúvidas sobre o tema? No artigo de hoje, você vai entender:

  • o que é Sitemap;
  • como funciona o Sitemap HTML e para que serve;
  • como fazer um Sitemap XML e qual sua principal fun??o;
  • o XML é essencial para a indexa??o de um site;
  • qual a diferen?a do Sitemap XML e XML.GZ.

O que é Sitemap?

O Sitemap ou mapa do site, se preferir, é, basicamente, uma lista com todas as páginas (URLs) de um site. Ele funciona como uma espécie de mapa que irá ajudar e guiar o rob? de busca ou o usuário a navegar e encontrar páginas do site.

Para entender melhor qual o seu propósito, vamos supor que a home do seu website é a entrada principal de um supermercado e, as categorias, s?o as principais vias de acesso. Ao entrar no estabelecimento, o consumidor recebe em suas m?os um mapa com todas as se??es existentes e produtos disponíveis.

Quanto mais profunda é a se??o, mais organizado precisa ser o mapa para você chegar lá, certo? Afinal, ninguém, em s? consciência, gosta de ficar perdido ou ficar preso a tentativa e erro.

E é exatamente para isso que o existe o Sitemap: guiar o usuário ou o rob? de busca para uma melhor navega??o pelo site, sem, teoricamente, acessar páginas com conteúdos irrelevantes ou páginas duplicadas, fazendo com que a navega??o flua com melhor qualidade.

Porém, como era de se esperar, o usuário n?o lê as mesmas coisas que o rob? de busca e vice-versa. Para resolver isso, foram criados dois padr?es de Sitemap:?

  1. o Sitemap.XML;
  2. o Sitemap.HTML.

Dentro do nosso Curso de SEO, os dois temas s?o bem explicados e mostramos exemplos reais. é um recurso superútil em projetos de SEO e lá no treinamento dou mais detalhes. Acesse o link para conhecer!??

Como funciona o Sitemap HTML e para que serve?

O mapa HTML é voltado para o usuário comum que tem interesse em entender melhor a estrutura do site em quest?o. Esse tipo de Sitemap, é, antes de mais nada, uma conven??o criada entre os desenvolvedores de site, mas que, cada vez menos está sendo usado devido a falta de acesso por parte dos próprios usuários.

Por outro lado, visando facilitar a navega??o dos visitantes, os sites apresentam um campo de busca como uma alternativa rápida e fácil para que o usuário encontre qualquer tipo de informa??o que procura.

Como fazer um Sitemap XML e qual sua principal fun??o?

O Sitemap XML é o arquivo, ou mapa, voltado especialmente para o rob? de busca, escrito seguindo padr?es e regras, com códigos específicos para que o buscador encontre mais páginas do website.

Ele é extremamente importante para que o rob? entenda melhor a estrutura do site e, é claro, quanto melhor for a arquitetura, mais organizado será o Sitemap XML. Além disso, a navega??o é mais fácil para que ele encontre todas as páginas e se??es.

Existem três perguntas muito comuns para quem tem dúvida sobre o assunto:

1. O Sitemap XML interfere na indexa??o?

Sim. Essa é exatamente a principal fun??o do Sitemap.xml. Ajudar na indexa??o das páginas e categorias de um site.

Se o site possui um grande volume de páginas, categorias, subcategorias, produtos e subprodutos, com certeza o XML será um grande facilitador para que o rob? de busca encontre cada uma dessas se??es.

é importante lembrar que o mapa nunca irá resolver tudo sozinho. Isso quer dizer que ele sempre deve ser acompanhado de uma boa arquitetura de links internos fazendo com que o rob? de busca encontre e indexe mais páginas, além de claro, acelerar o processo de indexa??o de novas páginas.

Uma arquitetura bem feita, com links internos para as páginas mais profundas do site, “dispensa” o uso do Sitemap XML no quesito “fazer o rob? de busca encontrar todas as páginas”. Porém, praticamente nenhum site chega a tal perfei??o a ponto de excluir a necessidade do? seu uso.

2. O sitemap interfere nas visitas do site??

N?o, mas se pararmos para analisar com mais carinho esse ponto, podemos dizer que sim, mas é uma influência totalmente indireta. Afinal, ele ajuda na indexa??o das páginas, e, claro, se você tem uma nova página indexada, provavelmente ela trará mais visitas via busca organica, ou pelo menos, assim se espera de um site com bom conteúdo.

3. O ranking do site é afetado pelo sitemap?

Até agora, todos os testes demonstram que o n?o, o Sitemap XML n?o interfere no ranking e sim, na indexa??o do site.

Porém, vale ressaltar que o Duane Forrester, um dos funcionários responsáveis pelo Webmaster Tools do Bing, já declarou abertamente em uma entrevista no SEOMoz que existe uma espécie de b?nus no ranking para quem submete o Sitemap XML ao Bing Webmaster Center.

Além disso, o Google Webmaster Tools, já deixou claro que presta aten??o aos casos onde o XML contém URLs que retornam o status 404, 30x, e assim por diante. Essas páginas fazem com que o rob? de busca do Google acabe por perder tempo desnecessário buscando por páginas redirecionadas ou com erro.

O Sitemap XML é essencial para a indexa??o do site?

Existem alguns sites em que o uso do Sitemap XML é mais recomendado que em outros. E, para ajudar a entender essas peculiaridades, segue abaixo quatro tópicos tirados da página do Google sobre Sitemap que indicam em quais casos o seu uso é útil:

  • se o site tiver conteúdo dinamico;
  • se o site tiver páginas que n?o podem ser facilmente encontradas pelo Googlebot durante o processo de rastreamento, como por exemplo páginas com conteúdo AJAX ou imagens;
  • se o site for novo e houver poucos links para ele. Como o Googlebot rastreia a web seguindo os links de uma página para a outra, se o seu site n?o estiver bem vinculado, será difícil detectá-lo;
  • se o site possuir um grande arquivo com páginas de conteúdo que n?o est?o bem vinculadas umas às outras ou que simplesmente n?o est?o vinculadas.

Qual a diferen?a do Sitemap XML para o XML.GZ?

Afinal, qual a diferen?a entre os dois? A resposta é simples, a primeira é a vers?o normal do Sitemap e a segunda é a vers?o compacta do XML, mais conhecido como XML.GZ. E como tudo que é compactado tende a ser menor que o original, com essa diferen?a n?o é diferente.

Eu sou a favor de que tudo que é bom e bem estruturado o Google gosta. Se você pode fazer bem feito, fa?a! Com certeza o buscador mais famosos do mundo, ou qualquer outro, irá olhar para o seu site com bons olhos.

Logo, fica minha sugest?o, principalmente para grandes sites: utilizem o Sitemap XML.GZ. Afinal, é um arquivo compactado, menor que o original, e que facilita o carregamento e tempo de resposta. Se podemos facilitar a vida do rob? de busca, por que n?o fazer?

Conclus?o

O Sitemap XML é muito importante para facilitar o entendimento da estrutura do site e ajuda na indexa??o das páginas. Sempre que você inserir uma nova página deverá também atualizar o Sitemap.

Vale ressaltar que nem uma arquitetura perfeita garante indexa??o completa, nem um XML perfeito garante indexa??o completa do site, mas, s?o ferramentas complementares de uso obrigatório para que o rob? consiga compreender melhor a estrutura do site.

Gostou do artigo? Compartilhe com sua rede de amigos e deixe o comentário no post! Para mais assuntos assim, continue acompanhando o blog da Mestre!

O post Sitemap: XML, HTML, Utilidades e Mitos apareceu primeiro em Agência Mestre.

]]>
http://www.compare-uk-broadband.com/seo/sitemap-xml-html-utilidades-mitos/feed/ 25
Diferen?a Entre Indicadores Quantitativos e Qualitativos http://www.compare-uk-broadband.com/marketing-digital/indicadores-quantitativos-e-qualitativos/ http://www.compare-uk-broadband.com/marketing-digital/indicadores-quantitativos-e-qualitativos/#comments Tue, 18 Aug 2020 20:00:19 +0000 http://www.compare-uk-broadband.com/?p=26441 Preparamos este artigo sobre indicadores quantitativos e qualitativos. Veja como mensurar suas estratégias e entregar o que há de melhor para os seus clientes!

O post Diferen?a Entre Indicadores Quantitativos e Qualitativos apareceu primeiro em Agência Mestre.

]]>
Olá, leitores da Mestre. Determinar o que é um verdadeiro indicador de resultados de cada área da agência nem sempre é simples. Por isso, neste artigo, vamos mostrar boas formas de conseguir mensurar indicadores quantitativos e qualitativos, para que eles demonstrem quanto seus conteúdos est?o atendendo às expectativas do cliente.?

Dê o play e confira!

O que s?o indicadores quantitativos e qualitativos?

Os indicadores tanto quantitativos como qualitativos s?o os fatores que mostram se as estratégias adotadas est?o surtindo resultados.

Na hora de definir os indicadores, é importante n?o só tirar as ideias da sua cabe?a, mas também saber quais s?o os pontos importantes para os seus clientes. Ent?o, entre em contato e fa?a esse questionamento para eles.

Por que usar indicadores quantitativos e qualitativos?

Em uma das reuni?es de feedback da Mestre, os profissionais levantaram o seguinte ponto: o que realmente é um indicador para cada área da agência?

Em SEO, por exemplo, o tráfego organico mostra se uma estratégia está ou n?o dando resultados. Em compra de mídia, o alcance de pessoas e a gera??o de leads também podem mostrar a “saúde” do projeto.?

Mas, em áreas como conteúdo e design, os indicadores de resultado s?o menos objetivos, o que torna mais difícil saber se as estratégias est?o dando certo e se o cliente está satisfeito com o investimento.

Nesse debate, nós chegamos a algumas ideias do que s?o indicadores quantitativos e indicadores qualitativos e quais as melhores formas para mensurá-los. Veja:

Indicadores quantitativos

Os indicadores quantitativos se referem ao volume de entrega, entrega no prazo e aumento no número de visitas no site ou blog. Esses fatores s?o objetivos e fáceis de quantificar, mas para que eles mostrem, de fato, se o resultado está satisfatório, é preciso avaliar, também, se os números est?o atendendo às expectativas do cliente.

Talvez você ache que está entregando um volume bom de artigos ou layouts e consiga mostrar que houve um aumento de tráfego no site, mas os resultados que para você s?o bons, podem n?o ser positivos para o cliente.

O ideal é que o método que você usa para medir os seus indicadores una itens objetivos e subjetivos. Assim, fica mais fácil tangibilizar as partes mais difíceis de mensurar, além disso, que consiga avaliar a satisfa??o naqueles itens que s?o mais fáceis de quantificar.

Indicadores qualitativos

Já os indicadores qualitativos s?o itens como: o cliente gostou ou n?o de um layout? O conteúdo de um artigo está adequado para a persona a quem ele é direcionado? E um artigo ou um layout está alinhado com a linguagem que o cliente costuma usar?

O problema desses indicadores é que eles s?o bastante subjetivos e os feedbacks do cliente, do tipo: “gostei” ou “está alinhado”, n?o s?o “palpáveis”. Além disso, n?o oferecem uma base de compara??o eficiente.

Conversando com as equipes de design e de conteúdo, o que nós entendemos é que uma boa forma de conseguir um indicador qualitativo sólido para essas áreas é oferecer aos clientes uma escala, de 0 a 10, por exemplo, que mostre o quanto um layout ou um texto atende ao que ele espera.

Isso também é muito importante para que se crie um histórico dos resultados que têm sido conseguidos.

Qual ferramenta usar para conseguir esses indicadores

Você pode estar se perguntando: “mas que ferramenta posso usar para adotar essas formas de mensurar meus indicadores quantitativos e qualitativos?”.

Aqui na agência, nós usamos o Google Forms. Ele é simples de usar e pode ser incorporado ao e-mail. Basta você criar sua escala e enviar para o cliente. Se ele usar Gmail, poderá, inclusive, enviar a resposta diretamente no formulário.

Esperamos que este artigo tenha sido útil pra você! Qualquer dúvida sobre indicadores quantitativos e qualitativos, deixe nos comentários. E para receber mais conteúdos como esse, continue aqui no blog da Agência Mestre!?

O post Diferen?a Entre Indicadores Quantitativos e Qualitativos apareceu primeiro em Agência Mestre.

]]>
http://www.compare-uk-broadband.com/marketing-digital/indicadores-quantitativos-e-qualitativos/feed/ 1
Você Sabe O Que é um Lan?amento Interno e Qual a Importancia Para a Sua Estratégia de Lan?amento? http://www.compare-uk-broadband.com/lancamentos-info-produtos/o-que-e-um-lancamento-interno-e-qual-a-importancia/ http://www.compare-uk-broadband.com/lancamentos-info-produtos/o-que-e-um-lancamento-interno-e-qual-a-importancia/#respond Thu, 13 Aug 2020 15:43:10 +0000 http://www.compare-uk-broadband.com/?p=45788 Será que você já “caiu” em um lan?amento interno e n?o sabe? Confira no artigo como funciona, como fazer e quais s?o os benefícios para um negócio!

O post Você Sabe O Que é um Lan?amento Interno e Qual a Importancia Para a Sua Estratégia de Lan?amento? apareceu primeiro em Agência Mestre.

]]>
Se você é dono de uma empresa, ou acredita ter um produto/servi?o que merece ser promovido com estratégias de marketing diferentes das convencionais, você precisa conhecer o lan?amento interno. Isso porque as chances do seu negócio se destacar e, consequentemente, obter melhores resultados, s?o grandes.

Você Sabe O Que é um Lan?amento Interno e Qual a Importancia Para a Sua Estratégia de Lan?amento?

é por isso que no artigo de hoje você vai:

  • o que é lan?amento interno;
  • como funciona;
  • benefícios para um negócio.

O que é lan?amento interno?

O termo lan?amento interno faz parte do método Fórmula de Lan?amento, criado por Jeff Walker e popularizado em território nacional pelo érico Rocha. Antes de você ver um pouco mais sobre o assunto, é interessante conhecer o método.

A história da Fórmula é motivadora, pois Walker criou-a “por acaso”. Ele estava cansado da rotina de escritório e o tipo de trabalho que levava e, ent?o, decidiu pedir demiss?o e tentar algo novo para ajudar no sustento da família.

Foi neste cenário que o Fórmula de Lan?amento surgiu: com a necessidade de auxiliar nas finan?as de sua casa. Walker passou a se interessar pelo mercado de a??es e teve a ideia de escrever sobre o que achava desse mercado.

Come?ou enviando informa??es por e-mail, inicialmente com uma lista de 19 contatos. Aos poucos, foi aflorando suas ideias e ponto de vista sobre o mundo dos investimentos e, consequentemente, sua lista de e-mail aumentou. Por fim, encontrou uma forma de vender seus conteúdos.

Jeff entendeu que, antes de vender algo de valor, precisava, primeiro, criar uma lista fiel de contatos e, é claro, que ela fosse nutrida por assuntos relevantes. Foi aí que come?ou o Fórmula de Lan?amento que nada mais é do que um método capaz de lan?ar ofertas e instigar o interesse de um público.

Um método eficaz e que dá certo!

O Fórmula, por sua vez, passou a ser um sucesso e, com isso, virou um treinamento para ajudar outros empreendedores a se destacaram, aumentarem vendas e conquistarem novos clientes no mercado.

Desde sua cria??o, houveram mudan?as no método e, hoje, ele conta com seis tipos de lan?amentos. Abaixo nós falaremos de um em específico: o lan?amento interno. Veja:

Como funciona o lan?amento interno?

O lan?amento interno, dos seis, é um dos mais eficientes para um negócio. Isso porque se baseia em atrair pessoas, fazer com que elas manifestem suas necessidades e estimula o faturamento de uma empresa.

Para entender o conceito da ideia será necessário seguir alguns passos para construir uma base de e-mails e entender, de fato, o público-alvo. Veja como funciona o passo a passo:

1. Fase Pré-Pré Lan?amento

Nesta primeira etapa será necessário instigar o público de que algo vai acontecer. Geralmente, a empresa convida as pessoas a um “evento”.

Por exemplo, uma semana para falar sobre um assunto específico, uma live sobre um tema, etc. Além disso, reúne algumas provas sociais do público que foi impactado antes.

2. Fase Pré-Lan?amento (CPLs)

O conteúdo de pré-lan?amento, o famoso CPL, s?o três vídeos sequenciais estrategicamente pensados para atrair e despertar o interesse do público. A ordem de assuntos funciona assim:

  • CPL 1: o primeiro vídeo é cheio de gatilhos mentais e é “a grande oportunidade” de expor a dor do ouvinte. Ou seja, você deve mostrar que ele tem um problema gerando identifica??o. Por exemplo: “assim como você eu tenho medos, errei muito, mas com os ensinamentos certos encontrei o caminho…”;
  • CPL 2: depois do público entender que tem uma dor, o segundo vídeo deve instigar a necessidade de solucionar o problema. Por exemplo: “é possível ter uma vida saudável e se livrar de neuras. Pessoas como você conquistaram isso, veja os resultados delas (depoimentos)…”;
  • CPL 3: o terceiro vídeo é a hora de mostrar sua oferta. Por exemplo: “essa é uma pequena prova de como você pode conquistar equilíbrio emocional.”, “No curso eu vou te ensinar como se libertar de neuras e conquistar sua autoconfian?a.” e “Quer aprender? Vou abrir as inscri??es para o curso na próxima semana, mas as inscri??es n?o v?o ficar abertas por muito tempo”.

Feito isso, agora chegou a hora de “abrir o carrinho”. Seu público, que acompanhou os três CPLs, irá receber via e-mail conteúdos informando que o curso está aberto, condi??es de pagamento, benefícios do produto, resolu??o de obje??es, entre outros.

Quem fizer a inscri??o, estará na fase do pós-lan?amento onde receberá as aulas e, possivelmente, estará aberto para dar seu testemunho sobre o curso.

Benefícios do lan?amento interno para seu negócio

Agora que você já sabe tudo sobre lan?amento interno, confira um pouco sobre os principais benefícios ao seu negócio:

O lan?amento interno é uma ótima forma para se preparar para os outros cinco tipos existentes e, também, mais complexos.

Gostou do conteúdo? Compartilhe com sua rede de amigos e deixe um comentário! Para mais assuntos sobre lan?amentos, n?o deixe de conferir os artigos do blog da Mestre!

O post Você Sabe O Que é um Lan?amento Interno e Qual a Importancia Para a Sua Estratégia de Lan?amento? apareceu primeiro em Agência Mestre.

]]>
http://www.compare-uk-broadband.com/lancamentos-info-produtos/o-que-e-um-lancamento-interno-e-qual-a-importancia/feed/ 0
A Jornada do Consumidor no Marketing Digital http://www.compare-uk-broadband.com/marketing-digital/jornada-do-consumidor/ http://www.compare-uk-broadband.com/marketing-digital/jornada-do-consumidor/#comments Thu, 13 Aug 2020 13:10:58 +0000 http://www.compare-uk-broadband.com/?p=24857 Você sabe como funciona a jornada do consumidor no marketing digital? Confira tudo sobre como potencializar esse processo de compra!

O post A Jornada do Consumidor no Marketing Digital apareceu primeiro em Agência Mestre.

]]>
Poucas s?o as pessoas que já decidem, de imediato, por algo que querem adquirir. Geralmente, os consumidores passam por um processo de decis?o antes da compra, o qual chamamos de jornada do consumidor ou jornada de compra. Você já ouviu falar sobre o assunto?

Para entender mais, no artigo de hoje você vai descobrir:

  • o que é a jornada do consumidor;
  • como funciona a jornada de compra;
  • estágios da jornada;
  • exemplo prático.

Se preferir, dê o play no vídeo criado pelo Fábio Ricotta, se n?o, confira o conteúdo abaixo!?

O que é a jornada do consumidor?

A jornada do consumidor nada mais é do que um conjunto de etapas que um indivíduo passa até finalizar uma compra. Essas etapas envolvem um come?o, meio e fim, sendo o come?o a identifica??o de um problema ou necessidade; e o fim, a compra.

Quais s?o as etapas para criar um caminho de convers?o?

As empresas que desejam ter sucesso na jornada do consumidor, precisam criar estratégias para atingirem seus objetivos que, na maioria das vezes, é a efetua??o de uma venda.?

No marketing digital, por exemplo, chamamos essa jornada de funil de vendas, e ela funciona mais ou menos assim:

  1. etapa 1 (atrair): nesta etapa o consumidor descobre que tem um problema ou necessidade de algo. As estratégias da empresa, por sua vez, ser?o focadas em atra??o, isto é, focadas na descoberta e no aprendizado de um determinado produto;
  2. etapa 2 (converter): já na etapa dois, o consumidor entende que realmente tem um problema e ele precisa ser sanado;
  3. etapa 3 (relacionar): no terceiro passo, o consumidor passa a considerar, como solu??o, o que está sendo oferecido pela empresa;
  4. etapa 4 (vender): finalmente, nesta última etapa, o consumidor efetua a compra e, consequentemente, seu problema está resolvido.?

Cada um dos passos da jornada possuem estratégias específicas. Por exemplo, no período da atra??o é essencial oferecer conteúdos de blog posts ou e-books que sejam mais topo de funil, ou seja, de curiosidades, dicas e até mesmo sobre os benefícios? do produto que você ofertará a ele nas próximas etapas.?

Mas, calma, ao longo deste artigo você vai entender, exatamente, como funciona os estágios do funil. Basta continuar a leitura!?

Como funciona a jornada do consumidor?

Podemos fazer uma analogia à jornada do consumidor, com uma pessoa que deseja, arrumar um parceiro, por exemplo. Quase sempre, todo relacionamento passa por uma jornada de descoberta.?

Em um primeiro momento, como você vive em sociedade, percebe que gostaria de ter uma pessoa para viver ao seu lado. Tomada a primeira decis?o, de ter alguém ao seu lado, você move para o segundo estágio, que é identificar o perfil de pessoa que lhe agrada.

A partir do momento que definiu o estilo de pessoas que te agradam, você come?a a se aproximar delas. Como em um flerte comum, vocês trocam olhares, sorrisos e come?am a conversar. Existindo uma conex?o, ficam juntos, trocam mensagens, liga??es e por aí vai.?

No mundo do marketing digital, é a mesma coisa! Ou seja, se você deseja comprar um produto ou contratar um servi?o, quer dizer que já passou pelo estágio inicial, que foi sentir a necessidade de consumir tal servi?o ou produto.

Como fazer a jornada do consumidor?

Agora que você entendeu o que é, que tal entender, de fato, como essa jornada funciona no mundo do marketing digital? Confira abaixo:

Estágios da jornada do consumidor

Nós já falamos aqui em nosso blog sobre micro momentos e também sobre o que é Inbound Marketing. Esses dois assuntos contribuir?o ainda mais com o entendimento da jornada de compra do consumidor.?

O seu papel inicial é construir um funil de vendas e direcionar o marketing correto, em cada uma das etapas de topo, meio e fundo, para assim, fazer com que os possíveis clientes (leads) “des?am” no funil.

Se quer uma explica??o mais prática sobre o assunto, assista ao vídeo do Fabio Ricotta explicando um pouco sobre como fazer o lead descer no funil de vendas:

Depois, será necessário mapear e identificar o que os seus potenciais clientes est?o buscando, antes mesmo de adquirirem algo. Procure saber quais s?o as compara??es e análises que eles fazem, quais s?o suas dores e problemas.?

Quando você descobre todas as etapas do funil, desde quando a pessoa está menos interessada em comprar algo (topo de funil), até quando a pessoa está bem interessada em comprar (fundo de funil), você conseguirá ser muito mais preciso em sua comunica??o.

Exemplo prático de como fazer a jornada do consumidor

Imagine que você trabalhe no nicho de imóveis e queira vender ou alugar apartamentos para clientes finais. Em um primeiro momento, você deverá direcionar seus esfor?os para as pessoas que est?o no topo do funil e que talvez ainda nem estejam pensando em trocar de apartamento.?

Nesse estágio, você pode passar dicas sobre decora??o de apartamentos, mostrar as vantagens e praticidades em se morar em um apartamento, por exemplo.

Em um segundo momento, quando o consumidor já estiver no meio do funil, você pode mostrar as diferen?as entre os tipos de apartamentos, com dois quartos ou três quartos, com área de lazer ou n?o. Além disso, focar em decora??es para cada um desses diferentes estilos de planta e incluir algumas op??es disponíveis no mercado, em diferentes bairros da cidade.

Por fim, no fundo do funil, você já disponibilizaria a listagem completa de apartamentos no bairro que a pessoa mais se identificou, bem como as características desses imóveis e seus respectivos pre?os. Ao trabalhar na jornada do consumidor, você amplia seu horizonte e ao invés de focar apenas naqueles que querem alugar ou comprar um apartamento, também consegue captar pessoas que, no futuro, poder?o ter esse interesse.

Conclus?es

Para captar mais clientes em seu negócio, desenhe toda a jornada do consumidor para conseguir atingir o público-alvo de maneira eficiente. Se você trabalhar apenas o fundo do funil, quer dizer que você está explorando pouco as possibilidades do mercado. Dessa forma, n?o estará conduzindo o público ao pensamento de que a sua empresa é uma ótima op??o no futuro.

Nosso conselho é que você trabalhe o Inbound Marketing e mostre que a sua empresa é uma excelente op??o para elas, no momento atual ou em uma oportunidade futura.

Gostou do artigo? Compartilhe com sua rede de amigos e até o próximo conteúdo do blog da Mestre!

O post A Jornada do Consumidor no Marketing Digital apareceu primeiro em Agência Mestre.

]]>
http://www.compare-uk-broadband.com/marketing-digital/jornada-do-consumidor/feed/ 1
O Que é Freelancer e Quais S?o os Passos Para Iniciar Sua Carreira http://www.compare-uk-broadband.com/empreendedorismo/carreira-de-freelancer/ http://www.compare-uk-broadband.com/empreendedorismo/carreira-de-freelancer/#respond Wed, 12 Aug 2020 13:00:55 +0000 http://www.compare-uk-broadband.com/?p=26125 Você sabe o que é freelancer? Leia este artigo para saber o significado desse termo e como você pode se tornar um freelancer profissional!

O post O Que é Freelancer e Quais S?o os Passos Para Iniciar Sua Carreira apareceu primeiro em Agência Mestre.

]]>
Você sabe como funciona a carreira de freelancer? Qual é o significado desse termo? Quais perfis de pessoas podem iniciar uma carreira profissional?

Neste artigo, vamos responder essas quest?es e te mostrar um panorama do mercado profissional. Além disso, você vai descobrir como dar o pontapé inicial e ter sucesso na sua jornada como aut?nomo.
Confira todos os detalhes e comece a plantar bons frutos hoje mesmo!

O que é freelancer?

“Freelancer” é um termo que vem do inglês e seu significado é “profissional liberal”. Ou seja, um freelancer é aquela pessoa que realiza um determinado tipo de trabalho, sem ter um vínculo propriamente estabelecido com as empresas. Aqui em nosso país, é comum ouvir as pessoas falando o termo de forma abreviada, ou seja, “freela”.

O Que é Freelancer?

“Freelancer” é um termo que vem do inglês e seu significado aqui pra gente no Brasil, é o mesmo que “profissional liberal”. Ou seja, um freelancer é aquela pessoa que realiza um determinado tipo de trabalho, sem ter um vínculo propriamente estabelecido. Aqui em nosso país, é comum ouvir as pessoas falando o termo de forma abreviada, ou seja, “freela”.

Mercado de trabalho — como é a carreira de freelancer

Hoje, o mercado de freelancers é muito utilizado no Brasil, primeiro, por quest?es tributárias. O segundo ponto é a facilidade de se encontrar um profissional qualificado para realizar um trabalho pontual. Por exemplo, ao invés de contratar uma empresa para pintar a sua casa, você contrata um pintor freelancer.

Falando do mercado digital, temos inúmeras possibilidades. Atualmente, existe uma demanda grande por profissionais que trabalham com:

  • cria??o de sites;
  • gest?o de redes sociais;
  • links patrocinados (Google Ads e Facebook Ads, principalmente);
  • otimiza??o de sites;
  • edi??o de vídeos;
  • cria??o de conteúdo;
  • revisor de textos;
  • entre outros.

Como trabalhar com freelancer

Quando falamos desse mercado, é importante atentar-se que a ideia é que o freelancer seja aquela pessoa para um job pontual. Ou seja, n?o queira contratar alguém para ser o seu freelancer dedicado.

Preocupe-se em designar o trabalho e, quando o mesmo for encerrado, você encerra o vínculo ali naquele momento. é claro que se a pessoa fizer uma tarefa ou projeto excelente, você poderá chamá-la novamente ou, até mesmo, indicar para outras empresas e donos de negócios.

O que é preciso para ser um freelancer?

Agora que você já sabe como é a carreira de freelancer, talvez tenha despertado o interesse de oferecer seus servi?os no mercado. Mas, saiba que para ser um aut?nomo requisitado, você terá de se profissionalizar. Mas, afinal, o que é preciso para ser um freelancer:

  • comprometimento;
  • alinhar as expectativas com clientes;
  • estabelecer canais e horários de comunica??o.

Comprometimento

A partir do momento que você se coloca disponível para realizar um trabalho e alguém te contrata para aquilo, saiba que a pessoa espera que você tenha comprometimento e concluir o que foi combinado. Por isso, é muito importante se empenhar para entregar o melhor?e, claro, no prazo acordado.

Alinhar as expectativas com os clientes

Quando alguém te contratar para fazer um freela, é muito importante que você fa?a um alinhamento de expectativas com o seu cliente. Afinal, o que é combinado n?o sai caro. Esse alinhamento é importante para que você entenda tudo que o cliente esperado do seu servi?o e que ele também saiba exatamente o que será entregue.

Estabelecer canais e horários de comunica??o

Defina os horários em que você estará disponível para atender seus clientes e, também, quais ser?o os meios de comunica??o que utilizados, por exemplo: e-mail, telefone, WhatsApp, Skype, etc). Isso evita que o cliente te chame a qualquer hora do dia, comprometendo o seu tempo de de descanso e lazer.

7 Passos para iniciar sua carreira

Agora que já falamos sobre dicas gerais, vamos focar em passos mais específicos. Quem trabalha ou deseja trabalhar fazendo freelas se depara com algumas dúvidas no meio do caminho, a mais comum é: “por onde eu posso come?ar e como consigo trabalhos como freelancer?”.

Por isso, também listamos setes preciosos passos para iniciar a carreira de freelancer. Confira:

1. Crie Seu Portfólio Online

Assim que você descobre como é a carreira de freelancer e ganha interesse, é extremamente necessário criar um portfólio on-line. Dessa forma, quem vai te contratar consegue entender quais foram os tipos de trabalho que você já fez.

Só n?o vale colocar jobs da sua agência ou da empresa em que você trabalha. Coloque aquilo que você desenvolveu por conta própria mesmo, sejam trabalhos de faculdade ou, até mesmo, feitos para enriquecer o portfólio.

2. Tenha um Bom Perfil no Linkedin

Um bom perfil no Linkedin é aquele que está sempre atualizado, ou seja, com: foto, lugares que você já trabalhou, quais trabalhos já foram realizados, entre outras informa??es.

Se você já é freelancer, vale a pena destacar informa??es de forma??o profissional como cursos, forma??o escolar, competências e demais informa??es. Hoje em dia, para ter destaque como freelancer, esses dados s?o fundamentais.

Além disso, assim que terminar um trabalho freela, pe?a para a pessoa que te contratou fazer uma avalia??o para que o seu currículo seja sempre melhorado.

3. Cadastre-se em sites para freelancers

Atualmente, existem muitos sites para candidatos a freelancer, como o Trampos.co, Workana, Fiverr, entre outros. Ent?o, basta fazer o seu cadastro e, dependendo do site, é possível fazer, também, um portfólio.

O importante é sempre monitorar as vagas que est?o disponíveis para ser um dos primeiros a se candidatar.

4. Escreva para portais

Outro passo precioso para deixar a carreira de freelancer mais interessante é escrever para portais. Você, como freelancer, tem conhecimento e pode usá-lo para ganhar exposi??o.

Ent?o, se você faz freelas de design ou da área de desenvolvimento, por exemplo, pode escrever para portais de tecnologia. Isso com certeza atrai novos interessados no seu trabalho.

Outra dica importante: essas matérias devem ser únicas e exclusivas. Além disso, esses artigos devem ser pensados em quem vai te contratar, já que a inten??o é impactar diretamente pessoas interessadas nos seus servi?os.

5. Tenha um canal no YouTube

Transmita conhecimento. Para isso, que tal criar um canal no YouTube? Ensine o potencial do seu mercado, mostre e compartilhe o conhecimento que você possui.

Por meio de um canal no YouTube, por exemplo, você ganha mais autoridade, mais pessoas olhando para o seu negócio e, claro, mais reconhecimento e contrata??es.

6. Abra um MEI para emitir notas

O MEI (Micro Empreendedor Individual) nada mais é do que uma formaliza??o para trabalhadores aut?nomos. Dessa forma, todos os freelancers podem fazer o registro pela internet mesmo e quando tudo estiver correto, dá para emitir notas pelos trabalhos desenvolvidos. Vale frisar que o MEI também dá direitos trabalhistas, assim como se você trabalhasse com carteira assinada. Alguns dos benefícios concedidos s?o: auxílio-doen?a, licen?a-maternidade, seguro-desemprego e outros.

Observa??o: o limite de faturamento anual do MEI é de 81 mil reais. Ent?o, vale ficar atento aos seus ganhos para n?o ultrapassar esse teto.

7. Invista no seu marketing pessoal

O marketing pessoal é a alma de qualquer negócio. Por isso, é t?o importante ter um perfil nas redes sociais, como LinkedIn, Facebook e Instagram. Tudo com uma imagem e comunica??o clara, objetiva e voltada para o seu público-alvo.

Além disso, conhe?a e troque experiências com outras pessoas. Mostre que você está sempre disposto para somar ao mercado de trabalho. Divida seus insights e, mais, frequente e ministre workshops e cursos. Por que n?o?

Quais s?o as vantagens de seguir a carreira de freelancer?

Pode ter certeza: o trabalho de freelancer traz muitas satisfa??es em diferentes aspectos. Dá só uma olhada nas vantagens:

  • trabalhar em casa;
  • viajar sem precisar, necessariamente, esperar suas férias;
  • conseguir produzir de qualquer lugar do Brasil, qui?á do mundo;
  • ser seu próprio chefe;
  • construir a sua própria marca;
  • ter horários de trabalho flexíveis;
  • melhora da qualidade de vida;
  • entre outras.

Ent?o, gostou dessas dicas sobre como é a carreira de freelancer e como iniciar sua carreira? Caso tenham alguma dúvida ou qualquer outra dica, deixe nos comentários. E aproveite para conhecer outros conteúdos sobre marketing digital aqui no blog da Agência Mestre!

Até a próxima!

O post O Que é Freelancer e Quais S?o os Passos Para Iniciar Sua Carreira apareceu primeiro em Agência Mestre.

]]>
http://www.compare-uk-broadband.com/empreendedorismo/carreira-de-freelancer/feed/ 0
Como Incentivar a Inteligência Emocional no Ambiente de Trabalho http://www.compare-uk-broadband.com/geral/como-incentivar-a-inteligencia-emocional-no-ambiente-de-trabalho/ http://www.compare-uk-broadband.com/geral/como-incentivar-a-inteligencia-emocional-no-ambiente-de-trabalho/#respond Tue, 11 Aug 2020 14:18:38 +0000 http://www.compare-uk-broadband.com/?p=45765 Incentivar a inteligência emocional no ambiente de trabalho é muito importante para que seus colaboradores mantenham-se saudáveis e engajados. Confira!

O post Como Incentivar a Inteligência Emocional no Ambiente de Trabalho apareceu primeiro em Agência Mestre.

]]>
Pare e pense: quais s?o as metas profissionais da maioria das pessoas que você conhece? Provavelmente: ascens?o, estabilidade financeira e reconhecimento, certo? é claro que todos esses pontos s?o extremamente importantes, mas há outro ainda mais essencial e que rege todos os objetivos: o equilíbrio dos sentimentos. Mas como incentivar a inteligência emocional no trabalho? é isso que você vai descobrir neste artigo. Confira!

Afinal, o que é a inteligência emocional?

Antes de saber como incentivar a habilidade em pauta, é preciso esmiu?ar o conceito. Muita gente acredita que, para ser emocionalmente inteligente, é preciso evitar algumas emo??es. Mas, na verdade, o ato de sentir faz parte da experiência humana, n?o há como evitar.

De modo científico, podemos explicar esse contexto assim: todos os cinco sentidos (olfato, tato, paladar, vis?o e audi??o) captam “sinais” enviados de uma célula à outra, pela medula espinhal. O destino é a área frontal, onde fica armazenada a raz?o.

A quest?o é que, para percorrer esse caminho, as informa??es passam pelo sistema límbico, onde as emo??es s?o produzidas. Uma área n?o pode evitar a a??o da outra, mas ambas devem estar sempre em comunica??o.

é nesse ponto que está o segredo: a sincronia entre raz?o e emo??o no nosso cérebro dá origem à inteligência emocional.

Como incentivar a inteligência emocional e contribuir para carreiras profissionais?

O principal ponto para desenvolver e aprimorar a inteligência emocional é jogar luz nos sentimentos. Por exemplo, ao final de cada dia, vale observar quais foram os sentimentos vividos, em que momento e situa??o eles vieram à tona.

Sendo assim, podemos afirmar que a gest?o das emo??es está diretamente ligada ao autoconhecimento. Mas como isso fica na prática? Como é possível incentivar a inteligência emocional?

Veja algumas estratégias interessantes para todos os colaboradores:

Workshops

Por que n?o convidar um psicólogo ou psiquiatra para dar um workshop na empresa? é uma situa??o muito bacana para iniciar a jornada da inteligência emocional. Vale destacar que a educa??o sentimental é algo pouco ou nada presente na vida de muita gente. Ent?o, é fundamental passar por um processo de aprendizagem mesmo.

Psicoterapia

A psicoterapia tem um papel essencial no autoconhecimento. Por isso, é importante que a empresa ofere?a um plano de saúde aos funcionários. Ou, ainda, que informe locais que realizam atendimento a pre?os acessíveis.

Disparo de e-mails

Outro caminho para incentivar a inteligência emocional é o time de RH disparar e-mails com informa??es sobre o que é a autogest?o das emo??es, como desenvolvê-la, quais s?o os benefícios, etc.

Rodas de conversa

Vez ou outra, reunir os funcionários para falar sobre emo??es pode fazer toda a diferen?a. Dê espa?o para que cada pessoa fale como ela se sente no dia a dia, quais s?o as emo??es mais frequentes e intensas, como ela lida com os sentimentos desde a infancia… Eles sempre foram reprimidos ou puderam vir à tona?

A inten??o é mostrar como é natural e saudável falar sobre as emo??es.

Sistema de gest?o de pessoas

Hoje em dia, existem algumas empresas especializadas na gest?o de pessoas. Você pode contratá-las a fim de, por exemplo, aplicar testes de perfil aos funcionários. O objetivo é identificar quais s?o as emo??es e juízos de valor mais predominantes. Assim, os próprios profissionais podem ter mais autoconhecimento.

Além disso, o RH pode entender como é a personalidade das pessoas, contratar pessoas com tra?os parecidos e tra?ar estratégias para que os funcionários e a empresa possam crescer mutuamente.

Biblioteca

Já pensou em criar uma pequena biblioteca no ambiente de trabalho? Há diversos livros que abordam o autoconhecimento e a inteligência emocional. Deixe um cantinho reservado para a leitura e possibilite o empréstimo das obras.

A partir dessas estratégias, já é possível incentivar a inteligência emocional e tornar os seres humanos mais conscientes de si mesmos.

As vantagens da inteligência emocional

Ser emocionalmente inteligente traz inúmeros benefícios. O equilíbrio das emo??es está diretamente ligado aos seguintes aspectos:

  • diminui??o do estresse e da ansiedade;
  • bom relacionamento interpessoal;
  • aumento da autoestima;
  • empatia;
  • maior poder de decis?o;
  • melhora das metas;
  • entre tantos outros.

Ent?o, tudo pronto para come?ar a incentivar a inteligência emocional no ambiente de trabalho? O processo leva tempo, mas n?o tenha dúvidas: os frutos s?o inesgotáveis.

Para outras dicas sobre como fazer a melhoria contínua na sua agência digital, continue aqui no blog da Agência Mestre!

O post Como Incentivar a Inteligência Emocional no Ambiente de Trabalho apareceu primeiro em Agência Mestre.

]]>
http://www.compare-uk-broadband.com/geral/como-incentivar-a-inteligencia-emocional-no-ambiente-de-trabalho/feed/ 0
Marketing de Conteúdo — Sua Importancia no Funil de Vendas http://www.compare-uk-broadband.com/marketing-de-conteudo/marketing-de-conteudo-sua-importancia-no-funil-de-vendas/ http://www.compare-uk-broadband.com/marketing-de-conteudo/marketing-de-conteudo-sua-importancia-no-funil-de-vendas/#respond Mon, 10 Aug 2020 13:44:50 +0000 http://www.compare-uk-broadband.com/?p=45762 Veja como o marketing de conteúdo pode influenciar a decis?o do seu consumidor na jornada de compra, ou seja, em cada etapa do funil!

O post Marketing de Conteúdo — Sua Importancia no Funil de Vendas apareceu primeiro em Agência Mestre.

]]>
Além de informar, o marketing de conteúdo ajuda o potencial consumidor a avan?ar no funil de vendas de um negócio. é por meio de materiais informativos que a empresa passa confian?a para visitantes que, consequentemente, se transformam em leads e, posteriormente, concluem uma compra.

Quer descobrir como colocar em prática essa ferramenta essencial para o processo de vendas da sua empresa? Acompanhe!

Como aplicar o marketing de conteúdo?

Você já deve saber que o funil de vendas é um processo, ou melhor, uma trajetória pela qual um consumidor passa ao realizar uma compra em um determinado site. Em cada etapa do funil é usado uma estratégia diferente que faz o visitante ir caminhando até o objetivo final: comprar.

Esse funil consiste em três partes:

  1. Topo;
  2. Meio;
  3. Fundo.

Que funcionam mais ou menos assim: uma pessoa interessada em skate, por exemplo, foi atraída por uma página de captura de leads que mostrava os melhores modelos para praticar o esporte. O usuário para consumir o conteúdo, fornece informa??es pessoais e decide entrar no site para analisar as propostas de skate, porém desiste da compra.

A empresa, por sua vez, passará a enviar uma série de conteúdos ricos (marketing de conteúdo) ao seu e-mail na tentativa de fazer o visitante se converter em cliente. Caso decida efetuar a compra, o objetivo foi alcan?ado.

Resumindo, o marketing de conteúdo auxiliará no caminho do usuário até a compra de um determinado produto. Entenda como aplicar os conteúdos com base nas etapas do funil:

Topo — Atra??o

“Como atrair visitantes ao meu blog?”, você deve estar se perguntando. O primeiro contato, ou seja, a primeira impress?o que alguém vai ter do seu negócio é por meio das informa??es que você transmite a ele.

Para criar a rela??o usuário-marca, é necessário usar ferramentas básicas de atra??o, como artigos de blog, vídeos e redes sociais.

Os artigos devem despertar a dor — muitas vezes n?o conhecidas — dentro do usuário. Portanto, conteúdos interessantes como curiosidades gerais relacionadas à sua marca s?o necessários.

As redes sociais servem como apoio para os artigos, uma vez que você chama a aten??o para algo que pode ser lido voltando do trabalho, da faculdade ou em um momento de relaxamento, por exemplo.

Meio — Convers?o

Depois de nutrir o usuário e ele interagir com os artigos, está na hora de convertê-lo em um lead. Os leads precisam de materiais ricos — infográficos e e-books, por exemplo — para serem induzidos mais ainda.

Mas, claro, o conteúdo só é entregue se o visitante reagir a algum tipo de intera??o, como responder a um formulário ou landing page e assistir a um webinar.

O engajamento nos artigos continua e, dessa vez, os conteúdos s?o mais voltados para os servi?os ou produtos da empresa.

Fundo — Vendas

Se o lead come?a a interagir com a marca, é porque o marketing de conteúdo está dando certo. Porém, ele precisa efetuar uma compra, n?o é mesmo? Ent?o, chegamos na etapa do fundo do funil, onde um fluxo de e-mail, a??es de AdWords, entre outras estratégias dever?o ser impactadas pelo lead com a inten??o de compra.

Os artigos, por sua vez, s?o totalmente destinados àquilo que a empresa oferece, com foco total em uma a??o.

Pós-venda?

Muitos acreditam que o fluxo do funil de vendas termina com o fundo. Engana-se quem pensa assim. Depois de atingir o objetivo de vendas é imprescindível continuar nutrindo o atual cliente para ele se tornar fiel à marca.

Conte com a ajuda das informa??es que você conseguiu coletar e envie materiais personalizados, como newsletters de ofertas exclusivas, descontos, novidades, cupons, entre outros, em um e-mail marketing.
Fa?a o seu cliente sentir-se especial por ter escolhido você e n?o a concorrência! N?o deixe ele te esquecer.

Entendeu por que o marketing de conteúdo é importante no funil? Lembre-se de adequar-se a um tom de linguagem para todas as etapas e descubra com quem você realmente está conversando (persona) em cada etapa.

Gostou do artigo do blog da Mestre? Deixe o seu comentário! Nós queremos saber a sua opini?o sobre o assunto. Aproveite e confira também um conteúdo completamente relacionado ao assunto, um artigo sobre jornada do consumidor.

O post Marketing de Conteúdo — Sua Importancia no Funil de Vendas apareceu primeiro em Agência Mestre.

]]>
http://www.compare-uk-broadband.com/marketing-de-conteudo/marketing-de-conteudo-sua-importancia-no-funil-de-vendas/feed/ 0
Como Fazer E-mail Marketing e N?o SPAM http://www.compare-uk-broadband.com/marketing-digital/email-marketing-dicas-nao-fazer-spam/ http://www.compare-uk-broadband.com/marketing-digital/email-marketing-dicas-nao-fazer-spam/#comments Wed, 05 Aug 2020 13:25:35 +0000 http://www.compare-uk-broadband.com/?p=7122 Veja como utilizar o e-mail marketing como uma estratégia para aumentar a fidelidade dos visitantes e as convers?es do seu site!

O post Como Fazer E-mail Marketing e N?o SPAM apareceu primeiro em Agência Mestre.

]]>
Saber como fazer e-mail marketing é essencial para enviar os melhores conteúdos e ofertas para sua audiência. é preciso entender como nutrir o público sem ser invasivo, o contrário do que acontece com quem dispara spam.

Como Fazer E-mail Marketing e N?o SPAM

O que é e-mail marketing?

O e-mail marketing é uma estratégia muito utilizada no meio digital para enviar e-mails à uma lista de contatos com algum conteúdo informativo ou até mesmo com um conteúdo promocional.

Como funciona o e-mail marketing?

O e-mail marketing funciona da seguinte maneira: é feito um disparo da mensagem para uma segmenta??o de leads (contatos selecionados para receberem) por meio de alguma ferramenta que possibilite o envio. Ele n?o é uma automa??o, pois está relacionado a mensagens de disparos únicos e n?o a um fluxo que coordena outras a??es.

Qual a diferen?a entre SPAM e e-mail marketing?

Muitas pessoas geralmente associam e-mail marketing com SPAM, mas existe uma grande diferen?a entre ambos: a permiss?o de quem recebe o e-mail.

No SPAM, os e-mails s?o enviados a milhares de usuários sem a permiss?o destes, o que incomoda, pois ocupa espa?o na caixa de e-mail com informa??es que na maioria dos casos n?o s?o interessantes para pessoa que recebe o e-mail.

No e-mail marketing, os e-mails s?o enviados com o consentimento do dono da conta, ou seja, o destinatário quer receber seus e-mails, o que significa uma audiência interessada no que você tem a expor.

Obviamente, criar uma grande lista de e-mails com pessoas interessadas demora mais tempo do que simplesmente usar um software que mande milhares de e-mails sem a autoriza??o das pessoas, mas apesar de ser comum, a técnica de spam por e-mail é fortemente desencorajada, pois para cada cliente conquistado, existir?o milhares de pessoas que ficar?o insatisfeitas e ver?o sua marca como spam.

Por outro lado, mesmo necessitando de mais esfor?o, o e-mail marketing tem diversas vantagens.

Vantagens do E-mail Marketing

Agora que você já sabe a diferen?a entre as duas práticas, precisa conhecer as vantagens do e-mail marketing. Na verdade, estes s?o mais do que bons motivos. Os benefícios do e-mail marketing s?o:

  • maior visibilidade: de acordo com o IBGE, o principal motivo de acesso à internet no Brasil é o e-mail. Ou seja, se uma pessoa se conecta à internet é bem provável que ela vá checar seus e-mails. Nesse caso, é um ótimo negócio ter sua marca divulgada em um lugar onde certamente o cliente irá olhar.
  • possibilidade de segmenta??o: quando uma pessoa se cadastra para receber seus e-mails, podemos pedir informa??es adicionais para mandar conteúdos diversificados por grupos de idade, localidade ou grupos de interesse.
  • convite à intera??o: com um simples clique em um link na mensagem do e-mail as pessoas podem visitar seu site, responder seu e-mail ou solicitar a exclus?o da lista.
  • maior agilidade: é possível enviar milhares de e-mails em segundos e também é muito fácil medir o resultado de sua campanha de e-mail marketing, utilizando links e parametros exclusivos nas mensagens por e-mail, por exemplo.
  • boa rela??o custo X benefício: o custo para enviar e receber e-mails é quase zero e o retorno de uma campanha séria de e-mail marketing pode ser muito grande, pois é criada uma rela??o de credibilidade entre a empresa e o cliente.

Como fazer e-mail marketing em 9 passos simples

Entenda como montar um e-mail marketing em passos simples.

  1. envie mensagens n?o comerciais;
  2. apresente algo interessante já de início;
  3. ofere?a algo impressionante gratuitamente;
  4. fa?a um planejamento editorial;
  5. mantenha a frequência, mas n?o seja invasivo;
  6. priorize mais textos do que imagens;
  7. use o term?metro “é relevante? Resolve algum problema do meu público?”;
  8. monte suas mensagens;
  9. programe os envios.

Agora você já sabe que os benefícios s?o vários, mas é preciso atentar para algumas dicas a fim de ter uma campanha de sucesso de e-mail marketing.

Veja como fazer para o e-mail n?o cair no spam:

1. Envie mensagens n?o comerciais

N?o encha a caixa de e-mail dos seus assinantes apenas com propagandas. Ofere?a informa??es úteis para que assim as pessoas gostem de receber seus e-mails e quando você enviar alguma propaganda, já terá a simpatia dos leitores.

2. Apresente algo interessante já de início

Inicie os seus conteúdos apresentando as vantagens logo de cara, como artigos, gráficos, livros virtuais, ferramentas, etc. N?o fique apenas na promessa, prenda a aten??o das pessoas o mais cedo possível e mostre credibilidade.

3. Ofere?a algo impressionante gratuitamente

Esta é uma ótima maneira de atrair as pessoas. Ofere?a alguma ferramenta, brindes, artigos ou qualquer coisa que possa ter valor para os visitantes do seu site. Você n?o precisa fazer isso sempre, mas é um gatilho que pode intercalar com suas demais estratégias.

4. Fa?a um planejamento editorial

Crie uma lista de temas que possam atrair sua audiência. Seja estratégico para abordar assuntos que n?o só informam, mas que também cumprem com seu objetivo de vender seus produtos/servi?os.

5. Mantenha a frequência, mas n?o seja invasivo

Você n?o pode enviar somente um ou dois e-mails, pois depois pode acabar caindo no esquecimento. Também tenha o equilíbrio para n?o mandar muitos conteúdos para a caixa de entrada das pessoas e saturá-las de tantos contatos.

6. Priorize mais textos do que imagens

As imagens no corpo do e-mail podem prejudicar sua entrega. Priorize conteúdos em texto e, quando inserir imagens, certifique-se de que ela foi codificada corretamente na ferramenta que faz o envio.

7. Use o term?metro “é relevante? Resolve algum problema do meu público?”

Antes de fazer os disparos, pergunte-se se o conteúdo vai sanar dúvidas das pessoas, vai informar algo útil e se está cumprindo com o propósito da sua marca.

8. Monte suas mensagens

Ao invés de fazer uma por uma, deixe seus conteúdos preparados com antecedência. Crie uma sequência que fa?a sentido e que instigue a audiência a continuar acompanhando. Assim, você terá uma vis?o sistêmica para acompanhar e planejar os próximos passos.

9. Programe os envios

Com tudo pronto, é só configurar na ferramenta!

7 dicas de e-mail marketing para n?o cair na caixa de SPAM

Depois de saber alguns passos simples para fazer e-mail marketing, você também precisa entender como fazer para o e-mail n?o cair no spam. Afinal, você vai investir tempo e conhecimentos para construir suas estratégias e n?o quer jogá-las fora por falta de domínio técnico, certo?

Veja como fazer para que o seu e-mail n?o caia no spam:

1. Escolha o melhor software para e-mail marketing

Existem diversos softwares para e-mail marketing, mas os que posso recomendar s?o apenas aqueles que tive a chance de utilizar. O primeiro é o Mailchimp, que possui uma parte gratuita e outra paga. Outro software que já tive a oportunidade de utilizar é o LeadLovers.

Em qualquer uma das suas escolhas é importante observar as políticas que estas empresas possuem de tolerancia de spam e cadastro de usuários.

Por exemplo, o Mailchimp dificulta muito a importa??o de e-mails, chegando a exigir detalhes caso você importe muitos e-mails sem que eles tenham se inscrito em sua base.

Outro ponto é que eles podem bloquear a sua conta caso ela tenha uma incidência maior que 0.01% de marca??o de spam pelos seus leitores entre outros fatores. é algo crítico, mas nada que preocupe uma empresa/profissional que fa?a um trabalho honesto e dedicado a satisfa??o do consumidor.

Para uma ajuda extra com o Mailchimp, você pode se inscrever na Academia de Marketing Digital, do Mestre Academy, onde você vai encontrar uma sequência de aulas ensinando a utilizar esta ótima ferramenta para desenvolvimento de e-mail marketing.

Se você quer fazer automatiza??es e criar fluxos inteligentes, configurando as etapas em que seu público vai receber seus contatos de acordo como interagirem com o fluxo, precisará de ferramentas mais completas.

A escolha da Mestre para programar seu inbound marketing com fluxos de nutri??o funcionais é o RD Station, uma ferramenta da Resultados Digitais com diversos planos disponíveis que você pode conferir aqui.

2. Aumente a sua lista da maneira correta

Como mencionei logo na introdu??o do artigo, muitas pessoas/profissionais querem um caminho curto para o sucesso. Este caminho parece ser curto quando se compra uma lista de e-mails ou utiliza-se de softwares de spam.?

Este é um caminho que você nunca deve seguir. Primeiro porque a pessoa que receberá o e-mail n?o está realmente interessada no que você vai enviar. Segundo porque você provavelmente vai cair na caixa de spam deste usuário.

Sendo assim, a minha recomenda??o é que você aproveite a coleta de e-mails de forma inteligente. Para isto, existem algumas maneiras que vou citar nas próximas dicas.

3. Utilize as caixas de newsletter a seu favor

Bastante utilizadas em blogs e portais de conteúdo, estas caixas ficam normalmente à direita ou no final de cada artigo, sempre com uma chamada para o usuário aderir ao recebimento de e-mails. Um artigo formidável que eu li mostrou isso muito bem:

Localiza??o da caixa de opt-in

Alguns exemplos de caixas que você pode utilizar nestas áreas s?o:

No topo:
Exemplo de caixa de opt-in

No final do artigo:
Exemplo de caixa de opt-in

Na lateral:
Exemplo de caixa de opt-in

Como utilizamos na Agência Mestre:

Newsletter Agência Mestre

A essência aqui é você entender que precisa testar até encontrar o modelo ideal para seu site!

4. Crie anúncios para atrair o público certo

Com a cria??o de anúncios, você tem a possibilidade de segmentar campanhas para atingir o perfil de pessoas que desejar. Isso faz com que você possa investir seu dinheiro para encontrar o público ideal. Isso n?o é ótimo?

Entenda como pode fazer no Facebook e Google Ads.

Facebook Ads

Uma forma simples é integrar a sua plataforma de e-mail marketing com a sua página no Facebook. Aqui na Mestre utilizamos o Mailchimp e ele possui uma funcionalidade que cria uma aba no Facebook para as pessoas se inscreverem na nossa base de e-mails:

Mailchimp - Integra??o com Facebook

O interessante aqui é que você pode utilizar Facebook Ads para promover a aba!

Google Ads

N?o é uma funcionalidade muito utilizada no Brasil mas existe uma extens?o no Adwords que permite a disponibiliza??o de uma caixa nos anúncios para que as pessoas se inscrevam em sua base de newsletter.

Extens?o do Adwords para coleta de emails

Esta extens?o n?o está disponível em todas as contas do Google Ads e por isto você precisa acionar o seu gerente de contas ou tentar a libera??o por este formulário.

5. Fique atento ao Mobile!

Como Fazer E-mail Marketing e N?o SPAM

Ainda que você n?o tenha um site responsivo ou voltado aos dispositivos móveis, saiba que a maior parte dos usuários abrem seus e-mails por meio destes aparelhos.

De acordo com Campaign Monitor (2018), a checagem de e-mails é feita até três vezes mais por usuários de dispositivos móveis. Como ignorar este tipo de comportamento ou melhor, como ignorar este tipo de leitura de e-mails? é impossível no marketing digital.

Neste sentido, você pode ler o guia de boas práticas da Mailchimp, que ensina diversas dicas para conseguir montar um bom e-mail para dispositivos móveis.

6. Crie estratégias de recupera??o de carrinho para e-commerces

Existem estudos que mostram que 99% dos visitantes de primeira viagem n?o compram nas lojas virtuais. é meio que aquele tempo para você se acostumar com o lugar, olhar bem e sentir-se seguro. Quem nunca fez isto?

Para n?o perder estes possíveis compradores, uma estratégia bem comum no e-commerce é a recupera??o de carrinho, ou seja, lembrar aquele usuário de que ele deve completar a sua compra. Em muitos casos até oferecendo um cupom de desconto para incentivar ainda mais.

Um estudo da SeeWhy mostra um pouco mais sobre o tempo em que um visitante precisa para converter e como é o padr?o de abandono de carrinho:

Estudo da SeeWhy

Segundo o estudo, as primeiras 12 horas s?o fundamentais para fazer este usuário converter.

O estudo mostrou ainda que 75% das top 500 empresas de ecommerce que utilizam nutri??o de carrinhos abandonados, fazem esta a??o com até 1 hora de abandono do carrinho. Eles descobriram que 50% dos “abandonadores” que compram, o fazem em até uma hora do abandono. Ent?o tempo é tudo nesta a??o!

Estudo - Recupera??o de Carrinho

Considere enviar e-mails com 1 hora, 24 horas e menos de duas semanas do abandono do carrinho. Logicamente, tudo vai depender do comportamento do seu usuário. Com este tempo, compradores que tiveram boas raz?es para abandonar o carrinho podem ter a informa??o necessária para fechar a compra no momento da abordagem.

Implementar este tipo de a??o n?o é nada complicado e uma solu??o possível é a utiliza??o do Mailchimp. Este tutorial mostra muito bem como fazer utilizando Magento e já esta matéria explica como funcionam os triggers de a??es no Mailchimp.

7. Fidelize seus clientes com um bom relacionamento

De acordo com um estudo da Marketing Metrics, as suas chances de vender algo para um consumidor que já tenha comprado com você é de 60% a 70%, enquanto vender para um potencial consumidor novo é de 5% a 20%.

O modelo aqui é bem simples. Pense em formas de atingir a sua base de compradores. Contatos espontaneos por e-mail podem ajudar:

  • envie uma mensagem de “você é um cliente fiel, ent?o resolvemos presentear com um desconto”;
  • lembre-se do aniversário e ofere?a algum benefício;
  • fa?a o envio de e-mail de produtos relacionados aos que você vendeu para aquele consumidor, o famoso “quem comprou isto, também comprou aquilo”. Isso mostra personaliza??o;
  • ofere?a frete grátis para quem já compra com você.

Estas s?o algumas ideias, mas o importante é que você invista tempo em descobrir o que é melhor para a sua marca.

Como criar um e-mail marketig criativo

  1. estude o tema do seu e-mail para desenvolvê-lo com mais eficácia;
  2. utilize a linguagem certa para atrair o seu perfil de público ideal;
  3. trabalhe com gatilhos mentais na linguagem para captar a aten??o e fidelizar as pessoas;
  4. crie conteúdos para a??es especiais e de oportunidade, tentando engajar seus leads com informa??es de valor;
  5. utilize as variáveis personalizadas (exemplo: nome, primeiro nome, etc) para criar ainda mais proximidade com o leitor;
  6. ilustre seus blocos de texto com GIFs e imagens (sem excesso);
  7. experimente dar voz a um novo remetente e chame aten??o como um nome de uma nova pessoa na caixa de entrada dos seus leitores.

Aprenda Mais sobre campanhas de e-mail marketing

Além das dicas que compartilhamos acima, confira o vídeo abaixo sobre como fazer e-mail marketing e aprenda a trabalhar de forma profissional.Assim, você vai obter os melhores resultados!

Conclus?es

Em resumo, o marketing por e-mail é uma ótima estratégia para aumentar a fidelidade dos visitantes e as convers?es do seu site. Para isso, você nunca deve recorrer ao spam e deve sempre oferecer conteúdo/mensagens/promo??es/ofertas de qualidade para seus leitores.

Espero que tenham gostado do artigo e qualquer dúvida ou sugest?o, compartilhe-as na área de comentários! Até a próxima!

O post Como Fazer E-mail Marketing e N?o SPAM apareceu primeiro em Agência Mestre.

]]>
http://www.compare-uk-broadband.com/marketing-digital/email-marketing-dicas-nao-fazer-spam/feed/ 67
Como Fazer o Google Encontrar o Seu Site? http://www.compare-uk-broadband.com/seo/como-fazer-o-google-encontrar-o-seu-site/ http://www.compare-uk-broadband.com/seo/como-fazer-o-google-encontrar-o-seu-site/#comments Tue, 04 Aug 2020 18:00:18 +0000 http://www.compare-uk-broadband.com/?p=2464 O objetivo do Google é mesmo encontrar todo o conteúdo disponível na Internet, mas você precisa dar uma ajudinha. Veja como!

O post Como Fazer o Google Encontrar o Seu Site? apareceu primeiro em Agência Mestre.

]]>
Como Fazer o Google Encontrar o seu Site?

Uma das grandes dúvidas de quem está come?ando no mundo digital ou lan?ando o seu primeiro site é exatamente sobre o funcionamento do Google e de outros mecanismos de busca. Uma pergunta que sempre recebemos é “como fazer para o Google encontrar o meu site?”.

Alguns métodos simplesmente fazem o seu site aparecer no Google, outros, além de permitir que o Google encontre o seu site, podem agregar valor ao domínio e à marca. Por isso, resolvemos sanar este questionamentos e outros detalhes que também podem ser dúvidas frequentes sobre o assunto.

Como fazer para o Google encontrar o seu site?

“Ahhh, como eu fa?o o meu site ser encontrado pelo Google?”. Veja quais s?o os diferentes caminhos para fazer o seu site aparecer no Google:

  1. Cadastre o sitemap.xml no Google Search Console;
  2. Solicite a indexa??o
  3. Fortale?a seus links
  4. Divulgue o link dos seus sites nas redes sociais
  5. Tenha um código limpo
  6. Preze pela rapidez do seu site
  7. Crie conteúdos estratégicos e de valor
  8. Mantenha seu site atualizado

Entenda cada um destes tópicos a seguir:

1. Cadastre o sitemap.xml no Google Search Console

O Google tem o seu modelo preferido e mais indicado de todos para indexar sites, o cadastro do sitemap.xml no Google Search Console (GSC).

Embora esse seja o modelo mais conhecido e indicado, é impressionante a quantidade de sites que ainda n?o usou o método, seja por n?o ter um Sitemap XML, ou por ter, mas n?o fazer o cadastro no GSC.

Esta é, provavelmente, a forma mais eficaz de fazer com que o Google indexe um site, pois você entrega de forma organizada todas as páginas do site (ou quase todas, listando pelo menos as mais importantes).

Apesar do Sitemap XML ser o mais indicado, o Google aceita outros formatos, como um simples arquivo de texto (sitemap.txt), com uma lista de URLs do seu site, uma por linha. Simples assim. Basta enviar este arquivo também pelo Search Console. N?o tem desculpa para n?o ter um sitemap por lá.

Se ainda assim você quiser um Sitemap XML, você pode usar uma ferramenta como o WriteMaps para isso. Na Academia de Marketing Digital, no módulo de SEO, temos uma aula explicando como usar a ferramenta que, entre outros recursos, gera um sitemap.xml a partir da arquitetura de site que você construir.

2. Solicite a indexa??o

Antigamente, o GSC tinha a op??o de rastrear como o Google. Agora, ele n?o conta mais com essa op??o e quando você quer que uma URL seja indexada mais rapidamente, é preciso ir no GSC e clicar em ‘Inspe??o de URL’ e colocar a URL na caixa de busca que vai ficar destacada. Após inserir a URL lá e buscar, você pode ver se a página está indexada ou n?o. Se n?o tiver, pode solicitar a indexa??o.

como fazer para o Google encontrar o seu site

 

Estes métodos servem, n?o só para um site ser descoberto, mas também para que suas páginas mais profundas, ou seja, mais distantes (em número de cliques) da página inicial serem descobertas. Infelizmente, n?o há garantia de que cada página listada seja indexada, mas certamente é uma grande oportunidade que está na sua m?o.

3. Fortale?a seus links

Para o Google encontrar o seu site, ele vai precisar de um link que leve o Googlebot até o site ou página específica. Como o Google também usa links de outros sites para encontrar novas páginas, você pode comentar em blogs ou fóruns populares (independentemente do uso de nofollow nesses sites) e usar o endere?o do seu site como assinatura.

Porém, algo que é IMPORTANTE e n?o deve ser esquecido: caso você escolha utilizar este caminho, n?o exagere, n?o abuse de texto ancora e n?o entre em esquemas de troca de links.

Tudo o que você precisa é apenas um link. Tem um site que você gosta, acompanha e tem um comentário valioso para adicionar ao conteúdo? ótimo, use um comentário neste site e pronto. Você n?o precisa e n?o deve exagerar, comentando bastante neste e em outros sites e blogs.

4. Divulgue o link dos seus sites nas redes sociais

Além da pesquisa do Google, utilize outros canais para ajudar o buscador a ver seu site como referência. Você pode se apoiar em redes sociais como o Twitter, YouTube ou outras que n?o ofere?am bloqueio ao rastreamento do Google.

O b?nus destes métodos alternativos é que o seu site pode já alcan?ar o público de forma direta e receber visitas de outros canais, enquanto o Google vai lendo o Sitemap e navegando pelo site para encontrar as páginas, classificar e passar a exibir nos resultados de busca.

5. Tenha um código limpo

O rastreamento e a indexa??o do seu site pode se tornar mais fácil se o backend do seu site estiver “limpo”, em outras palavras, se estiver organizado e se garantir que tenha o código W3C (World Wide Web Consortium) compatível, um padr?o para a cria??o de conteúdos estruturais. Nunca inche o seu código. Certifique-se de que o conteúdo do seu site está dentro de uma boa estrutura HTML.

6. Preze pela rapidez do seu site

O que você pode fazer para tornar seu site ainda mais ágil? Fa?a uma revis?o das imagens, se puder diminuí-las, o fa?a. Além disso, verifique se existem plugins ou outras aplica??es que est?o deixando as páginas mais pesadas.
Fa?a as corre??es e, com isso, vai ajudar os rob?s do Google a fazerem uma leitura muito mais ágil e eficaz, como também vai priorizar a boa experiência dos usuários — o que vai elevar a sua nota de qualidade.

7. Crie conteúdos estratégicos e de valor

Desenvolva conteúdos de qualidade, que cumpram seus objetivos, que ajudem a atingir suas metas de fazer seu site aparecer no Google e obter melhores resultados. Para isso, você n?o só precisa criar artigos para o blog e textos de apoio para o site com base em uma pesquisa de palavras-chave, como também precisa ter aten??o aos detalhes para oferecer algo de valor para o público-alvo.

Pergunte-se sempre se os seus conteúdos est?o alinhados à persona da sua marca, ou seja, se s?o úteis para quem visita seu site.

8. Mantenha seu site atualizado

Além de tudo o que você já aprendeu por aqui, preciso lembrar que se a sua dúvida é como fazer o Google encontrar o seu site, um dos principais segredos é mantê-lo atualizado.

Tenha o cuidado de conferir as páginas, fazer testes, analisar se há links quebrados, entre outras possíveis situa??es que podem prejudicar a experiência dos usuários. Isso vai ajudar a manter o seu padr?o de qualidade elevado.

Agora é com você! Siga as dicas, coopere com a busca dos rob?s do Google e torne seu site melhor rankeado! Aproveite e continue conferindo os conteúdos do blog da Agência Mestre, que é atualizado semanalmente!

O post Como Fazer o Google Encontrar o Seu Site? apareceu primeiro em Agência Mestre.

]]>
http://www.compare-uk-broadband.com/seo/como-fazer-o-google-encontrar-o-seu-site/feed/ 109
国内愉拍自拍免费视频-国产愉拍自拍在线